3 de novembro de 2008

de George Crabbe

"Os livros são os túmulos dos que não podem morrer."

Nenhum comentário: